Pipe Bursting

O que é?

É um método de reparação de redes de abastecimento de água, sem recurso a abertura de vala.

 

Este sistema não requer o uso de produtos químicos ou outros contaminantes, o que aliado ao facto de o tubo de PEAD ter uma vida útil expectada superior a 50 anos, torna esta tecnologia ambientalmente segura e sustentável.

 

Como funciona?

A rutura do tubo existente, é realizada puxando uma cabeça expansora através do tubo antigo. Esta cabeça, ou também designada de pinha, é dimensionada para caber no tubo existente, e com a ajuda de laminas, fraturar o tubo existente à medida que é puxada.

A parte de trás da cabeça está conectada ao novo tubo, que fixado a este elemento, é arrastado para dentro da tubagem existente, ao ritmo de avanço do expansor.

 

A energia do equipamento provém do sistema hidráulico que está conectado a hastes de tração, que por sua vez estão presas à cabeça do expansor. Este conjunto é colocado dentro de um poço de ataque, construído ao nível da tubagem existente. Nesta fase, são introduzidos as varas metálicas, que ao alcançar a extremidade do troço a realizar, realizam a sua viagem de regresso, iniciando assim o seu trabalho rotura, expansão da conduta instalada e introdução da nova tubagem.

 

Quais as suas vantagens?

- redimentos de até 100m / dia (em condições “normais” de terreno), mas que podem ser superiores em caso de solos pouco compactos (zonas de terra mole ou areia)

- pode ser usado com uma ampla variedade de diâmetros internos de tubos

- praticamente todos os materiais de tubos comuns usados em redes de AA podem ser substituídos usando este sistema – a principal exceção são as tubagens em PEAD

- redução muito significativa das necessidades de mão de obra e tempo de execução

- forte diminuição de trabalhos de movimentos de terra (necessários apenas para construção de poços de ataque, no ínicio e fim dos troços, para a operacionalização do equipamento), bem como em zonas de curva apertada ou mudanças bruscas de direção – nestes casos, a renovação de condutas terá de ser feita através do sistema tradicional com abertura de vala

- permite a substituição por tubagem de secção superior à instalada – a percentagem deste aumento, é definido em função do tipo de tubagem e tipo de solo, mas que poderá chegar ao 50% do instalado

- este equipmanto segue a infra-estrutura existente, o que facilita a sua operação

- reduz os riscos de serem provocados danos nas infra-estruturas adjacentes existentes

- pode ser usada independentemente do estado do tubo existente

- diminui o impacto social por redução das perturbações na superfície das áreas a intervencionar, especialmente em zonas urbanizadas